FRETE GRÁTIS ACIMA DE R$299,oo
PARCELAMENTO EM ATÉ 12X
COMPRA 100% SEGURA
4 agosto, 2021
Compartilhar

Inverno: Aliado ou inimigo das atividades físicas?

Você é do grupo de pessoas que sente muito frio no inverno e acaba ficando indisposto?

Ou é do grupo que ama um friozinho e acorda com a corda toda?

Quando a temperatura diminui o corpo sente a diferença, os músculos ficam mais contraídos e o corpo demora mais para se aquecer e relaxar. Sentimos aquela preguiça para levantar da cama, mais fome e pele ressecada.

Aparece aquela sensação de sonolência, cansaço e indisposição. E com isso a prática de exercícios físicos geralmente é abandonada. A fome parece duplicar. Isso porque o organismo precisa de gordura para se manter aquecido. Então a preferência por alimentos mais calóricos.

Enfim, no frio a vontade de ficar dormindo sem limites é simplesmente tentadora.

Nosso corpo é praticamente obrigado a acelerar o metabolismo para que as células consumam mais energia e as transformem em calor para nos manter aquecidos. Logo, se você começa a treinar no frio você usa essa vantagem do gasto calórico extra ao seu favor para reduzir gordura.

Os músculos se contraem durante o treino causando um gasto calórico elevado. Além disso, nosso organismo precisa manter ativos os processos que consomem mais energia para “corrigir” a variação da temperatura mais amena.

Seu corpo precisa se adaptar para passar pelas baixas temperaturas e se manter aquecido. Todo esse processo de adaptação faz com que seu corpo fique mais forte e, consequentemente, melhore sua capacidade em muitos aspectos. Inclusive o crescimento das células musculares.

Estudos afirmam que quando você se expõe ao frio praticando atividade física, os efeitos dos exercícios aumentam o número de leucócitos e granulócitos, ajudando a reforçar o seu sistema imunológico.

Durante a prática da atividade física liberamos substâncias químicas do cérebro, neurotransmissores, endocanabinóides e endorfinas, que ajudam a liberar aquela sensação de bem-estar.

Para que o organismo não sofra no momento do treino ou atividade física é necessário realizar alongamento e aquecimento prévio, com movimentos leves que facilitam a adaptação do metabolismo no momento do exercício.

Os alongamentos são fundamentais para o bom funcionamento do corpo, e que além de prevenir lesões, proporciona mais agilidade e elasticidade.

Sendo essencial para o aquecimento e relaxamento dos músculos, qualquer pessoa pode fazer alongamento, independente da sua idade ou flexibilidade, até mesmo pessoas que apresentam algum problema específico, como as Lesões de Exercícios Repetitivos (LER), podem se alongar, mas com menos intensidade.

A respiração também é fundamental, pois quando se respira fundo o relaxamento muscular aumenta e é ela que dá ritmo ao exercício. Por isso, ela deve ser lenta e profunda.

Cuidados como utilizar roupas leves na prática da atividade física e repor líquidos fazem parte das recomendações.

Então bora mexer o corpo para espantar o frio!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Produtos Relacionados